SindFar conquista na justiça pagamento das folgas semanais aos farmacêuticos da Clamed

Mais de 300 profissionais que atuam ou atuaram nas farmácias da Companhia Latinoamericana de Medicamentos (Clamed) serão ressarcidos por não terem respeitado o direito a folgas regulares. O acordo foi possível após a assessoria jurídica do sindicato ingressar com ação na justiça para reivindicar o direito dos farmacêuticos a folgar a cada sete dias, como prevê a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

A ação proposta pela assessoria jurídica do SindFar procurava cobrar a compensação pela não concessão de todos os descansos remunerados imediatamente após o sexta dia de trabalho, conforme prevê a lei. Trata-se de uma das maiores demandas já ajuizadas pelo sindicato, tanto no que diz respeito aos valores indenizatórios quanto em número de beneficiados.

Para garantir o direito dos farmacêuticos, a equipe jurídica analisou pontos mensais de mais de 700 funcionários ativos e inativos. Segundo relato da advogada Tatiana Coelho, em alguns casos, os farmacêuticos trabalharam até 60 dias consecutivos sem folga. “Para os trabalhadores esta demanda significa que a conquista de seus direitos e para a entidade sindical o fortalecimento na luta em busca das garantias desses direitos”, afirma a advogada.

Este resultado apenas foi possível por que os próprios colegas trouxeram a demanda para o sindicato, segundo a presidente do SindFar, Fernanda Mazzini (Nanda). “O SindFar tem o olhar atento para as questões que afetam os colegas, mas apenas pode agir quando os farmacêuticos denunciam. Esta vitória abre espaço para que outros trabalhadores busquem seus direitos junto ao sindicato”, observa Nanda.

Os farmacêuticos que fazem parte da ação coletiva, listados neste link, receberão a indenização em dez parcelas entre os meses de março e dezembro de 2017. Para tanto, devem entrar em contato com a assessoria jurídica. Anote os contatos das advogadas Pollyana Gusmão (pollyana@tcoelhoadvocacia.com.br) e Tatiana Coelho – (tatiana@tcoelhoadvocacia.com.br). No assunto do e-mail, escreva “AÇÃO CLAMED”. O escritório atende pelos telefones (48) 3025.5004 e (48) 9 9911.3327.

Fonte: Comunicação SindFar-SC