Conselheiros

Conselheiros (as) Titulares
Ana Flavia Broering Eller
Mandato: 2019-2022
Cidade: Santo Amaro da Imperatriz
Área de atuação: Farmácia
 
Carlos Nyander Theiss
Mandato 2019-2022
Cidade: Florianópolis
Área de atuação: Análises Clínicas
 
Claudio Laurentino Guimarães
Mandato 2019-2022
Cidade: Blumenau
Área de atuação: Educação
 
Luciano Soares
Mandato 2019-2022
Cidade: Joinville
Área de atuação: Educação
 
marcokoerich
Marco Aurélio Thiesen Koerich 
Mandato 2020-2023
Cidade: Florianópolis
Área de atuação: Análises Clínicas
 
Marcelo Conti
Mandato 2019-2022
Cidade: Florianópolis
Área de atuação: Farmácia
 
Noemia Liege Maria da Cunha Bernardo
Mandato 2019-2022
Cidade: Itajaí
Área de atuação: Farmácia
 
Sara Sara Rosângela Martins Rauen
Mandato 2019-2022
Cidade: Florianópolis
Área de atuação: Farmácia
Conselheiros (as) Suplentes
Tomas Julio Correa Neto
Mandato 2019-2022
Cidade: Brusque
Área de atuação: Farmácia Hospitalar
 
Vânia Floriani Noldin 
Mandato 2020-2023
Cidade: Camboriú
 
Sarai Hess 
Mandato 2020-2023
Monte Castelo
 
Mirela da Rosa Homem Pizarro
Mandato 2020-2023
Florianópolis
 
Conselheiros(a) Federal
Titular: Hortência Salett Muller Tierling 
Mandato 2020–2022
Cidade: Chapecó
Área de atuação: Saúde Pública
 
silvana
Suplente: Otto Quintino Júnior 
Mandato 2020-2022
Cidade: Itajaí
Área de atuação: Farmácia
 

Saiba qual é o papel dos Conselheiros Regionais segundo o Regimento Interno do CRF/SC:Eleitos a cada dois anos pelo voto direto de todos os farmacêuticos inscritos no CRF/SC.

Art. 18 – São atribuições dos Conselheiros Regionais eleitos pelos profissionais farmacêuticos do âmbito do respectivo Conselho Regional de Farmácia:

I – Colaborar com a classe em questão de interesse específico, mediante proposta escrita, devidamente justificada;

II – Comparecer às reuniões plenárias, participar dos debates e decidir sobre assuntos pertinentes ao Plenário;

III – Relatar os processos que lhes forem distribuídos;

IV – Exercer as funções para que forem designados;

V – Propor deliberações ao Plenário inerentes ao exercício da profissão farmacêutica, respeitada a hierarquia das resoluções do Conselho Federal de Farmácia;

VI – aprovar as atas do Plenário, submetendo o ato para homologação na respectiva sessão ou subsequente.

Os dispositivos deste Regimento estão de acordo com a Res. CFF 501/2009, que aprova o Regimento Padrão dos CRF´s.

Skip to content