Farmacêuticas do PR desenvolvem nova tecnologia para análise de exames para dengue, zika e chikungunya

Print Friendly, PDF & Email

A Secretaria de Estado da Saúde anunciou nesta sexta-feira (05/02) a ampliação da capacidade de análise do Laboratório Central do Estado (Lacen) para exames de diagnóstico de dengue, zika e chikungunya. O Secretário Estadual da Saúde, o farmacêutico Dr. Michele Caputo Neto, anunciou a notícia em uma coletiva de imprensa que reuniu a equipe técnica do Lacen, da vigilância da Dengue, Zika e Chikungunya e da Comissão Estadual de Infectologia com o objetivo de explicar a importância dos novos exames disponibilizados no Paraná.

A nova tecnologia é pioneira no país e vai possibilitar a ampliação dos exames e, principalmente, o diagnóstico de zika vírus que atualmente só é feito pela Fiocruz. O novo exame, intitulado Multiplex, oferece resultado simultâneo, confere mais agilidade, redução de custo e vai possibilitar a realização de 280 testes por dia – antes só era possível realizar 40 testes/dia.

À frente das pesquisas e descoberta do Multiplex estão quatro Farmacêuticas: Dra. Irina Riediger, Dra. Alix Mazzetto, Dra. Mayra Presibella Giacomini e Dra. Maria do Carmo Debur Rossa.

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná parabeniza o Lacen e, principalmente, as Farmacêuticas envolvidas nesse excelente trabalho que, certamente, vai ajudar no enfrentamento das doenças causadas pelo Aedes aegypti e salvar muitas vidas.

Fonte: Comunicação CRF-PR

O CRF INFORMA

foram enviados todos os boletos para o recolhimento das anuidades do exercício 2020, de pessoa física e jurídica. O envio eletrônico foi direcionado a todos os inscritos na base cadastral do CRF-SC, com endereço de e-mail válido. Os boletos seguem anexos à mensagem. Para você confirmar a confiabilidade do documento recebido, confira a numeração do código de barras. O número deve iniciar-se por 00190.00009.02961.758006, indicando que o boleto é verdadeiro e foi emitido pelo CRF-SC.

Skip to content