Diplomação dos novos diretores do CRF-SC e conselheiros regionais

A cerimônia de diplomação dos novos diretores do Conselho Regional de Farmácia de Santa Catarina, para o mandato 2018/2019, e dos conselheiros regionais para o mandato 2019/2022, eleitos em novembro, ocorreu na quinta-feira, 21 de dezembro no auditório da nova sede do CRF-SC durante a 668ª Reunião plenária do Conselho.  Foram diplomados 11 conselheiros regionais, 8 titulares e 3 suplentes e os 4 diretores durante cerimônia em que também 12 profissionais foram agraciados com a Comenda do Mérito Farmacêutico Catarinense 2017.

A nova diretoria do CRF-SC, que assume os trabalhos no dia 1º de janeiro de 2018, ficou assim composta

Presidente – Karen Berenice Denez
Vice-Presidente – Hortência Salett Müller Tierling
Secretário – Otto Luiz Quintino Júnio
Tesoureiro – Marco Aurélio Thiesen Koerich

Os Conselheiros Regionais para o mandato  2019/2022

Titulares:
Hortência Salett Müller Tierling,
Noemia Liege Maria da Cunha Bernardo,
Ana Flávia Broering Eller,
Carlos Nyander Theiss,
Sara Rosangela Martins Rauen,
Luciano Soares,
Cláudio Laurentino Guimarães,
Marcelo Conti.

Suplentes:
Tomás Julio Correa Neto,
Rodrigo Michels Rocha,
Robison Menin.

Durante seu primeiro discurso, como presidente diplomada, Karen Denez, destacou a experiência acumulada pela equipe que dirigiu o CRF-SC nos últimos anos, agradeceu os presidente que a antecederam e convocou os profissionais das diversas áreas de atuação para estreitarem os laços e trabalharem unidos. “Convido a todos a se unirem. As eleições passaram e agora é hora de todos os que fazem parte do CRF-SC, na mesma condição de conselheiros, com verdadeiro espírito público, somarem esforços para levar adiante o cumprimento da missão desta autarquia. Porque todo mundo que abandona a sua zona de conforto, e a postura de silêncio, e vem para a ação militante, logo descobre o quanto é fácil criticar e quanto é difícil fazer.” disse.

A nova presidente do CRF-SC destacou o espirito unitário com que pretende conduzir os trabalhos a frente da entidade: “Este é o jeito que fazemos as coisas, em grupo. Essa é a maneira que escolhemos. Acreditamos que, caminhando unidos, nossa jornada tem mais significado, e nossas vitórias mais alegrias. Não podemos nos considerar satisfeitos enquanto não encontrarmos uma assistência farmacêutica plena. O objetivo do nosso trabalho é a valorização da categoria e da profissão farmacêutica, e quando compartilhamos com clareza nossas posturas, conseguimos dissolver as linhas que nos dividem.

Karen agradeceu a confiança depositada pelos farmacêuticos e apontou para uma gestão de conciliação. “Com muito carinho, agradecemos a confiança que nos foi depositada. E acredito que a melhor maneira de retribuir é fazer desta gestão 2018/2019 uma demonstração de empenho e de trabalho muito intenso e focado nas verdadeiras prioridades de nossa profissão. Esta diretoria está determinada a exercer um papel de conciliação entre todos os setores, e segmentos, e entidades representativas da nossa profissão. Não temos ilusões de será um trabalho fácil. Fazer o que é certo nem sempre é fácil. Só sabemos que vai valer a pena.” Concluiu a nova presidente do CRF-SC.

A Presidente do CRF-SC, Hortência Müller Tierling, em seu discurso, parabenizou os agraciados com a Comenda do Mérito e buscou valorizar a todos farmacêuticos catarinenses. “Ao mesmo tempo que cumprimento os comendadores, quero estender também o reconhecimento ao trabalho dos quase 10 mil farmacêuticos catarinenses nas diversas áreas. Gostaria que todos se sentissem homenageados pelo CRF-SC, pois os colegas que aqui estão recebendo esta medalha representam o conjunto da categoria.” disse.

Hortência, ressaltou as vitórias alcançadas pelo CRF-SC nos últimos anos, inclusive, muitas delas, consideradas perdidas por alguns. “A inclusão de farmacêuticos no SUS é uma dessas áreas.” ressaltou. A presidente lembrou que em 2006, apenas 36 prefeituras catarinenses contratavam farmacêuticos para gerir suas farmácias e unidades de saúde, e hoje, todos os municípios catarinenses estão registrados no Conselho. “Foram mais de 650 postos de trabalho abertos nos municípios, pela intervenção direta do Conselho junto aos gestores, além de uma fiscalização intensa.”

Durante sua despedida como presidente do CRF-SC, Hortência lembrou que o  índice de Assistência Farmacêutica no estado é o maior e mais bem consolidado do país. “Confirma-se hoje uma percentagem de cerca de 90%, e não há dúvida que isto é resultado direto dos esforços da nossa gestão com o trabalho da fiscalização, assegurando ao cidadão a assistência farmacêutica durante todo o horário de funcionamento dos estabelecimentos.

Em seus agradecimentos, Hortência destacou as entidades parceiras, os colegas de direção, os conselheiros federais por Santa Catarina, o presidente do CFF, Walter da Silva, Jorge João, os servidores do CRF-SC e todos os farmacêuticos catarinenses. “Deixo minha profunda gratidão ao Sindfar, à Fenafar, Sbac, Anfarmag, Farma e Farma, Sindlab, SBFC, SBRAF, às associações regionais de farmacêuticos, e a todos os funcionários do CRF-SC, a quem deixo meu testemunho do compromisso de todos na correta execução dos processos internos do Conselho.”

“Neste que é meu último ato público como presidente do CRF-SC nesta gestão, quero dizer a todos que tenho consciência que nem tudo foram flores. Tivemos embates, alguns muito intensos. Tivemos divergências. Não guardo a pretensão de pensar que estive com a razão, em todas as situações. O que posso dizer, com coração sincero, é que o erro também teve a intenção do acerto. Agradeço a paciência e espírito cívico de todos que estiveram envolvidos nestes debates e nestas lutas em favor da nossa profissão.” Concluiu.