CRF-SC participa de capacitação para implantação de Comissão de Farmácia e Terapêutica Regionalizada na ADR Araranguá

IMG-20160831-WA0003

Informações sobre quesitos para implantação de uma Comissão de Farmácia e Terapêutica Regionalizada foram repassadas e discutidas em mais um encontro mensal da capacitação em Gestão da Assistência Farmacêutica, promovido pela Gerência Regional de Saúde da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, realizado na tarde da última terça-feira, 30.

A capacitação, voltada aos Farmacêuticos do SUS que atuam nas Unidades de Saúde dos 15 municípios da Região do Extremo-Sul, contou com a participação do chefe de Departamento de Fiscalização do Conselho Regional de Farmácia (CRF-SC), Valneri de Oliveira, e da Coordenadora de Assistência Farmacêutica do Município de Criciúma e professora da Universidade do Extremo-Sul Catarinense (Unesc), farmacêutica Larissa de Oliveira.

A coordenadora do curso, farmacêutica da Gerência Regional de Saúde, Adaiane Darós explica que a Comissão passa a ter como foco principal o uso racional de medicamentos. “Na Região, a ideia da criação da Comissão de Farmácia e Terapêutica Regionalizada começou com a preocupação da Gerência de Saúde em garantir o acesso da população de cada Município aos medicamentos essenciais, ou seja, aqueles medicamentos que atendem às necessidades da maioria da população, visando a prescrição e o uso racional destes medicamentos”, concluiu, lembrando que a Comissão geralmente é composta por profissionais de saúde com várias formações.

A partir da criação e regulamentação desta Comissão, deverá ser constituída uma lista padronizada de medicamentos essenciais a serem disponibilizados nas farmácias públicas das Secretarias de Saúde dos Municípios, evitando a judicialização.

Fonte: Leneza Della Krás/www.adrs.sc.gov.br/adrararangua