Curso de Capacitação em Farmácia Hospitalar tem início nesta sexta-feira

O Curso de Capacitação em Farmácia Hospitalar teve início nesta sexta-feira em Florianópolis. As aulas do módulo que vai debater a “Gestão de Tecnologia em Saúde” serão apresentadas pelo Dr. José Ferreira Marcos neste final de semana no auditório do CRF-SC em Florianópolis.

A capacitação tem o objetivo de subsidiar os farmacêuticos que atuam ou desejam atuar na área hospitalar, buscando apresentar, atualizar e harmonizar os conceitos e as melhores práticas na assistência farmacêutica hospitalar.

O curso possui uma grade dividida em seis módulos, ministrados durante seis finais de semana, com aulas sexta a noite e sábado nos meses de outubro, novembro e dezembro.

Antes do início do curso a presidente do CRF-SC, Karen Denez saudou a presença dos farmacêuticos desejando a todos um ótimo aprendizado. Parte dos integrantes da Comissão Assessora de Farmácia Hospitalar, entre eles o presidente Tomás Julio Correa Neto, e os membros Paulo Sérgio Teixeira de Araújo, e Rita de Cássia Franz Vieira também estão participando da atividade que terá ainda mais 5 módulos

O curso conta com uma grande de professores renomadas e tem contribuído para abrir o campo de trabalho para aqueles que participam das aulas. É um curso com o objetivo de oferecer o conhecimento mínimo para uma pessoa começar a trabalhar em uma farmácia hospitalar.

O próximo módulo a ser ministrado em Santa Catariana vai discutir a “Manipulação e Fracionamento de Medicamentos” com a Dra. Iara maria Franzen Aydos e acontece nos dias 26 e 27 de outubro.

Capacitação em Farmácia Hospitalar do CFF já formou mais de 1,5 mil profissionais

O Projeto Farmácia Hospitalar, criado pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), que teve as primeiras turmas iniciadas em 2014 e foi implementado a partir de 2015, tem ofertado um curso de capacitação para atender farmacêuticos de todo o Brasil. A iniciativa, proposta pelo Grupo de Trabalho sobre Farmácia Hospitalar, sob a coordenação do conselheiro federal de farmácia do Rio Grande do Sul, Josué Schostack, já capacitou mais de 1,5 mil pessoas nesse período.

Josué Schostack, que é farmacêutico bioquímico, pós-graduado em Administração Hospitalar, mestre em Atenção Farmacêutica e professor universitário, avalia a implementação desse curso como muito positiva. “A ideia era fazer um curso básico para ser ministrado em todos os estados do Brasil. Nós conseguimos fazer isso em praticamente três anos. As únicas exceções foram Paraná, São Paulo e Minas Gerais. Agora, estamos terminando Santa Catarina e Rio Grande do Sul”.

Na maior parte dos estados, o curso foi realizado por meio de parceria entre o CFF e a Fundação de Ciências Farmacêuticas. “Foi uma grande iniciativa do Conselho Federal de Farmácia. Essa é uma necessidade iminente, já que a maioria dos profissionais graduados atualmente tem uma formação generalista e precisa complementar seus conhecimentos para desenvolver essa atividade. Tendo em vista essa demanda, começamos a fazer uma massa crítica e organizamos o curso”.

“Como coordenador do GT, que elaborou e desenvolve esse projeto, fico muito feliz por termos conseguimos atingir essa grande quantidade de profissionais. Todos os estados nos agradeceram por realizar esse curso”. Conclui.

Skip to content