Artigo: Desafio Global

Neste Dia Nacional pelo Uso Racional de Medicamentos, o CRF-SC pronuncia-se junto à sociedade catarinense com o artigo abaixo, enviado à todos os principais jornais do estado.

Desafio Global

Em março deste ano, a Organização Mundial da Saúde lançou o desafio de reduzir pela metade os danos graves e evitáveis associados a medicamentos em um prazo de 5 anos.
As atividades que marcaram o Dia Nacional pelo Uso Racional de Medicamentos, conduzidas em Santa Catarina pelo Conselho Regional de Farmácia neste 5 de maio, fazem parte do esforço mundial em favor da medicação segura.
Estatísticas americanas revelam que uma pessoa morre a cada dia por erros de medicação, que ainda prejudicam a saúde de 1,3 milhões de pessoas por ano. As autoridades sanitárias brasileiras estimam que estes índices sejam semelhantes no Brasil.
A OMS afirma que 50% de todos os medicamentos consumidos no planeta foram prescritos, dispensados ou utilizados de forma equivocada. O custo econômico destes erros é calculado em U$ 42 bilhões por ano.
Em Santa Catarina, as intoxicações medicamentosas empatam no primeiro lugar no registro de atendimentos do Centro de Informações Toxicológicas, ao lado de envenenamentos por animais peçonhentos.
O Uso Racional de Medicamentos é conceituado pela Organização Mundial da Saúde como um processo no qual o paciente recebe o medicamento correto para melhorar a sua condição clínica, na dose adequada, pelo período correto e com o menor custo para si – e para a comunidade.
Os farmacêuticos são os únicos profissionais da saúde envolvidos em todo o ciclo do medicamento. Participam desde a pesquisa e fabricação dos medicamentos até a dispensação e o acompanhamento do uso pelo paciente, em um processo chamado de farmacovigilância.
Portanto, é importante a sociedade fazer uso do conhecimento destes profissionais, disponível em toda a cadeia de medicamentos, para detectar a tempo erros de prescrição, de dosagem ou de período, e para garantir que a tecnologia presente nos medicamentos leve à cura, ao conforto e à qualidade de vida.
O Uso Racional de Medicamentos é um esforço que precisa unir pacientes, a classe médica e farmacêuticos. Como um exercício de respeito ao direito do cidadão brasileiro de acesso integral à saúde.

Hortência Müller Tierling
Presidente CRF SC

Skip to content